Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2010

Lá se foi mais um mês

Sim, mas um mês passou e eu quase nem vi.

Por outro lado não só vi como percebi que as prioridades e alguns sonhos mudaram.

Que o futuro do livro não existe mais.

A página foi virada...

Aliás, a editora resolveu cortar este suposto futuro, logo o livro já foi devidamente queimado.

Que comece junho com novas aventuras, vitórias e principalmente: que comece um começo de verdade!

Ps: Isso em apenas um campo... o outro continua ótimo!

=]

Segundo Plano

Na minha concepção seria tudo aquilo que está desfocado, o que teoricamente não tem muito valor nem expressividade. Muitos nunca reparam, outros ignoram ou pensam que trata-se de um problema de projeção (ou seria de visão e hora de visitar um novo oftalmo?).

Confesso: é um efeito que eu gosto de ver.

Confesso: é um pensamento constante que eu odeio manter.

É tudo questão de prioridades...

Sempre longe de ser ou parecer uma.

Mudanças?

Confesso: várias vezes já pensei em tornar este meu espaço "mais comercial", um pouco mais chamativo ou com uma grande diversidade de assuntos, opiniões e temas... mas sempre opto pelo meu velho discurso narrativo sem um pingo de comprometimento com as normas já existentes, buscando apenas deixar a cabeça um pouco mais leve dos pensamentos que pesam (e como pesam) todos os dias da minha doce vida.

Sim, gostei do "doce".

Umbigo

É realmente tudo relativo nesta vida.

Aquela mesma pessoa que te irrita ao pedir dinheiro ou comida é a salvação dos seus problemas e da consciência pesada naqueles momentos onde existem sobras que você tem dó de jogar no lixo.

É tudo questão de interesses, não é mesmo?

Fazer o bem sempre? Pra que e por que?

Certamente o buraco é mais embaixo. Existem motivos e mais motivos quando ficamos irritados com pedintes. “Trabalhar que é bom, nada!” “Na vida tudo é questão de escolhas.” “Se está assim é porque quer” “Tem gente que é muito acomodada”.

E quanto ao seu problema? Ao seu lixo que serve de esmola, ou melhor, caridade? Se a pessoa é acomodada porque você vai fazer a gentileza de ajudá-la? Estranho, não?
Pense a respeito!

always waiting...

Sabe, acho que atualmente conquistar novos leitores é uma tarefa mais que difícil. Não digo isso quando o assunto é visualização do meu blog, muito pelo contrário, eu não costumo divulgar este meu espaço. Digo o universo dos blogs, sites e os diversos etc’s.

Eu, por exemplo, entro em muitos, vários, diversos blogs para participar de promoções, mas dificilmente dou uma olhada no conteúdo (tirando os que me mandam newsletter, que por sinal eu só assinei porque era o que mandava uma das promoções, mas acabo me tornando fã das notinhas diárias).

Será que minha vida agora só é movida por promoções? Será que está longe o dia em que ela será promovida para um “next step” cheio de novidades e sucesso? Parece que todo mundo já cansou de dar “next steps” e eu continuo ali parada. Teste de paciência!

É tão difícil esperar sentadinha com a Cláudia enquanto a minha hora não chega. E não é por falta de lutar, imagine se fosse...

Mas... lutar sentada com Cláudia, seria isso possível?

Acho que alguém está…

ouvindo Rita Lee

Um belo dia resolvi mudar
(entenda-se um fim de tarde frio de outono)
e fazer tudo que eu planejava um dia fazer
(entenda-se esquematizar tais planos, buscando que finalmente eles saiam do escondido pensamento)

Mãos na massa!

The road

As vezes, vendo fotografias antigas, sinto saudades não das pessoas que estão nelas, mas dos momentos que passaram e que parecem que não voltarão mais em nenhum sentido.

Pode parecer egoísmo, mas quando expectativa passa a ser apenas uma palavra no dicionário e algo distante do dia a dia, parece também que a vida vai perdendo o sentido.

Ou melhor, que o tal caminho escolhido perdeu o sentido.

Ou talvez eu peguei um caminho errado, ou um atalho de mentira graças a algum falso amigo.

Sabe quando você se sente perdida, no escuro e simplesmente senta na estrada
esperando uma carona, um conselho de um antigo viajante, uma luz no fim do túnel?

Pois é!

Sometimes I just wanna sit down right here and write some words, u know like...?

Yes, I’ll just write here some things I’m thinking about right now, and after that I’ll be quiet again. That’s it!

O resultado é a soma dos fatores, porém nem sempre é necessária a presença destes fatores para o desfecho já anunciado.

Eu quero estar logo atrás daquele balanço, empurrando para o vôo da alegria, mas chega uma hora que os braços cansam. Além disso, suas pernas sabem muito bem que é preciso trabalhar e podem fazer um pouco de esforço, ou seria trabalho demais?
Comodismo? Talvez! As vezes sem um pingo de intenção.

É como dar dinheiro ao invés de ferramentas e trabalho.

Ou talvez não seja isso.

Fato é que a facilidade acaba privando do dever de pensar.

That’s all folks!