Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2012

A Virada

E mais um ano chegou e com ele o mês de maio que, para mim, deixou de ser o famoso mês das noivas e passou a ser o mês da Virada Cultural. O centro de São Paulo dá espaço para dezenas de palcos, diversos shows, milhares de pessoas e uma energia incrivelmente louca (e parece que eu sou uma das poucas pessoas que consegue ver ou sentir). É claro que existe baderna, bêbados, mendigos que dançam confome a sua música. É claro que existe sujeira, lixo e pessoas sem educação. A Virada Cultural tem o poder de transformar a noite paulistana em um grande espetáculo de cultura, infelizmente não tem o poder milagroso de transformar marginais e ignorantes em pessoas de bem. Afinal, quem está nas ruas causando desordem são estes mesmos que, diariamente, agridem professores em salas de aula, cometem crimes no trânsito, promovem brigas em estádios e por aí vai. Eu acredito que alguns muitos se divertem ouvindo os acordes daquele som que remete um momento especial. Sinto a alegria de quem dança nas …

Cheers!

Abril se foi, sem um risco ou rabisco. Sem um dizer ou saber. Sem um sinal de vida ou de morte. Simplesmente passou e eu nem vi. Mas senti e vivi. De novo só ano que vem. E não sei o que me reserva, o que me aguarda. Os planos continuam soltos em algum lugar. Longe de qualquer papel, nem perto de virar rascunho. Vamos vivendo e esquecendo do que incomoda ou atrapalha. O importante é não se importar. Cheers!