Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2012
Eu sei que ainda falta pouco mais de três meses para novembro. E na verdade, nem sei se quero que este tempo passe rápido. Mas sei que no começo de novembro estarei no Chile e espero passar um fim de tarde sentada na grama de algma praça, com algumas garrafas de vinho e copos baratos, bebendo, brindando, fazendo planos de um futuro ainda sem muito sentido. Quero andar em ruas desertas na madrugada, cambaleando, dançando ao som da minha rádio mental. Quero não pensar em quase nada e ser apenas uma estranha num país diferente, como a personagem de um filme europeu ou do livro da minha cabeceira. É bom esquecer quem somos... pelo menos por alguns instantes!

Voando

Sim, eu queria te contar uma nova história. Que fosse empolgante, que te deixasse hipnotizado, concentrado. Eu queria encontrar a história: num passado ou presente... mas não consigo. Talvez porque não consiga de fato enxergar o presente. Talvez porque, como sempre, deveria aproveitar meu dom de prever e escrever sobre o futuro, mas o medo das frustrações escondem as palavras e desmancham as frases. Enquanto isso fico sentindo este vazio, esta falta de histórias que deixam a vida pouco movimentada. A vida tem que ser um livro e por isso eu necessito de emoção e principalmente de ação! Onde você está? Voltei a procurar inspiração nos livros, mas até eles estão me parecendo pouco interessantes. Acredito que seja o estado de espírito... mas este "estado" tem sido constante... Que tal utilizar mais o "momentâneo"? Quero a inspiração dos meus textos instatâneos. Dos meus roteiros de minutos. Só queria pensar e concretizar tudo como uma máquina. Nem que seja apenas para …

...

Lá se foi outro mês
E mais uma vez
Me vejo aqui.
Looking for something new
.
Sem nem idéia do que me espera
E se há o que esperar.
Se um dia tudo vai mudar
E aquilo que está ali parado e escondido vai passar.

Cansada destas linhas aleatórias e sem sentido.
Quero logo um foco, um quadro, um retrato
Uma boa história pra contar.