Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

Escolhas e remédios

Não sei se fiz, tenho feito, ou faço as escolhas certas. E parece que deve existir sim o certo e o errado. Se para grande parte das pessoas é possível olhar para trás e pensar que tudo foi feito certo, todos os caminhos escolhidos com destreza e não existe lugar para arrependimentos acredito que não posso dizer o mesmo. E não quero ser a diferente, pensar diferente e não fazer parte da massa. Aliás, muitas vezes penso que se eu fizesse parte da massa, quem sabe de fato já teria encontrado a tão sonhada felicidade. Felicidade esta que eu já aceitei não existir para sempre. Sei que ela é passageira, mas quando ela se vai fica um vazio que só dá lugar aos velhos questionamentos baratos e as baixas expectativas cheias de pessimismo. Tem dias que nem mesmo as drogas, que eu compro nas farmácias e divido com um clipes para tomar a dose certa, conseguem fazer efeito. Mas qual efeito? Ela não traz felicidade, mas te deixa alheia ao mundo. O simples fato de não ter que pensar é um alívio. Quan…